Meus Livros


TALMIDIM – “O passo a passo de Jesus”
Editora: Mundo Cristão
Autor: Ed René Kivitz
Ano: 2012
Número de páginas: 384

Sinopse: Na Galileia do tempo de Jesus, os meninos em Israel iniciavam seus estudos da Torá aos 6 anos. Aos 10, quando completavam o primeiro estágio, a escola primária, chamada Beit Sefer, já tinham a Torá decorada. Apenas os alunos que se destacavam seguiam para a escola secundária, Beit Talmud, e mergulhavam no restante das Escrituras e na tradição oral dos rabinos e suas muitas interpretações e aplicações da Torá. Aos 14 e 15 anos, somente os melhores entre os melhores estavam estudando, geralmente aos pés de um rabino famoso e respeitado. Esses pouquíssimos meninos da elite intelectual de Israel eram chamados talmidim (do hebraico: talmid, discípulo; talmidim, discípulos). Apesar de ser considerado um rabino marginal, não reconhecido formalmente pelas autoridades religiosas de seu tempo, Jesus de Nazaré também tinha seus discípulos e seguidores, seus talmidim. Este livro apresenta a essência da mensagem de Jesus aos seus talmidim de ontem e de hoje.






O livro mais mal-humorado da Bíblia
Editora: Mundo Cristão
Autor: Ed René Kivitz
Ano: 2009
Número de páginas: 224

Sinopse: Uma sucessão de fatos sem sentido ou um conjunto de sentidos sem nenhum fato? Seria essa a vida que você deseja? Qual o tipo de vida que você tem vivido? Muitas pessoas passam anos de sua vida, senão toda ela, buscando um sentido para vivê-la. Alguns o encontram, outros não.




Outra espiritualidade
Editora: Mundo Cristão
Autor: Ed René Kivitz
Ano: 2006
Número de páginas: 256

Sinopse:PENSAR, um ato de fé. Uma das contribuições mais importantes do protestantismo para a história foi a concessão de liberdade à interpretação bíblica — em última análise, um estímulo à autonomia do próprio pensar, terreno vasto e fértil.




Vivendo com propósitos
Editora: Mundo Cristão
Autor: Ed René Kivitz
Ano: 2006
Número de páginas: 274

Sinopse: Vivendo com propósitos apresenta a resposta cristã para o sentido da vida. Tomando como ponto de partida a afirmação de que “Deus criou o homem à sua imagem e semelhança”, o autor discute os propósitos universais para a existência humana: transcender, crescer, conviver e construir, e suas implicações para a plena realização pessoal.

Compartilhe:
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Google Buzz
  • Live
  • PDF
  • Posterous
  • Tumblr